• Diamantino, 15/04/2021
NA VAGA

Cattani se filiou no PSL em fevereiro e vai se efetivar na vaga deixada por Fávero

Com a morte de Fávero, Cattani vai se efetivar na vaga e ter direito a 1 ano e 8 meses de mandato


Fotografia: Reprodução

O pecuarista Gilberto Cattani, de 48 anos, vai mesmo assumir a vaga deixada pelo deputado Silvio Fávero (PSL), que não resistiu às complicações da Covid-19 na tarde deste sábado (13). Segundo o presidente do PSL no Estado, Aécio Rodrigues, Cattani – que disputou a vaga de suplente de senador pelo PRTB em 2020 – voltou a se filiar no PSL em 22 de fevereiro deste ano e, portanto, vai ser efetivado como deputado estadual. O partido deve emitir uma nota.


Em 2018, o pecuarista se tornou primeiro suplente ao obter 11.629 votos. À época, além de Fávero, o PSL elegeu o delegado Claudinei. Com a morte de Fávero, Cattani vai se efetivar na vaga e ter direito a 1 ano e 8 meses de mandato.


Fávero morreu no início da tarde de hoje (13) após não resistir a um quadro de infecção generalizada. Ele estava internado e intubado no hospital Amecor, na Capital. Nas redes sociais, o pecuarista, que é de Nova Mutum, lamentou a morte do correligionário

Veja também

VÍRUS SEM TRÉGUA Em 24h, MT registra 115 mortes e mais de 2,2 mil casos de Covid
NA ASSEMBLEIA Antipetista radical assume AL até 5ª
CADEIA Centro de Detenção Provisória será construído ao custo de R$ 12 milhões em Diamantino
PRESTANDO CONTAS Secretários dão feedback ao prefeito dos trabalhos em execução
RESISTENCIA Idosa de 100 anos recebe vacina contra a Covid-19 em Diamantino
SENADO No Senado Federal, Carlos Fávaro faz compromisso com Diamantino
Publicidade

Copyright © 2013 - 2021 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados