• Diamantino, 23/02/2019
Assista!

Vídeos mostram rotina das três elefantas que vivem em Chapada dos Guimarães 240


Fotografia: Reprodução

O Santuário de Elefantes Brasil, localizado em Chapada dos Guimarães, recebeu sua terceira moradora no último dia 22 de dezembro. Desde então, a organização não governamental tem compartilhado vídeos da rotina das três, Maia, Guida e Rana, nas terras chapadenses.

Assista:





Rana, a recém-chegada, desde 2012 vivia em um hotel fazenda próximo a Aracaju, em Sergipe, mas já viajou por todo o mundo com o circo. De acordo com a assessoria, o contrato de doação entre a Fazenda Boa Luz, onde Rana vivia, e o SEB foi assinado no último dia 14 de dezembro.

Apesar de ter a história cheia de lacunas, Rana teria chegado ao Brasil em 1967 com o circo Gran Bartolo para apresentações em Recife (PE). Desde então, segundo relatos, trabalhou em diversos circos como Moscou, Garcia, Tihany e até no Beto Carrero. No registro de entrada de Rana na fazenda Boa Luz, sua origem consta como do circo Estoril. Seu nome é anotado como Ranny, mas ela vem sendo chamada de Rana, grafia que foi adotada pelo SEB.

Depois que o uso de animais em circo foi proibido, Rana foi aposentada. Pequenas notas em jornais registram os movimentos de um elefante vagando livre e de outro acorrentado em uma fazenda, que podem ser associados a Rana. Há também citações sobre ela ter passado um tempo no zoológico de São Paulo, mas sem comprovação. Sua idade é estimada entre 43 e 64 anos.

Santuário

Localizado no distrito de Rio da Casca, município de Chapada dos Guimarães, a 110 km de Cuiabá, capital de Mato Grosso, o Santuário tem área de 1,1 mil hectares. A vegetação é típica de Cerrado.

Sua implantação e funcionamento contam com apoio de duas instituições internacionais dedicadas a elefantes. A Global Sanctuary for Elephants (GSE) dá suporte à implantação de santuários e treinamento para tratadores. A ElephantVoices pesquisa comportamento de elefantes na natureza.

Toda a manutenção do projeto vem de doações e a colaboração pode ser feita de diversas maneiras e com qualquer valor. Para ajudar, acesse o LINK.

Outras habitantes

Maia e Guida, as duas primeiras elefantas residentes do Santuário de Elefantes Brasil (SEB), tem idade aproximada de 46 e 44 anos, respectivamente. Elas completaram em 11 de outubro dois anos de vida em sua nova casa. Elas estão adaptadas e recuperadas dos traumas causados por décadas de exploração em espetáculos circenses.

Após a chegada de Rana, o Santuário continua o trabalho de resgate de outros elefantes como Ramba, no Chile, e de Tamy e as fêmeas Kenia, Pocha e Guilhermina, que estão em Mendoza, na Argentina. Há também negociações para vinda de outros animais no Brasil.

Saiba mais sobre o santuário AQUI.

Veja também

NOVELA Apóstolos se emocionam ao ouvir canção sobre Jesus na hospedaria
NOVELA JESUS Caifás vê um homem na multidão e pensa que é Jesus
NOVELA JESUS Sumo-Sacerdote pede para Barrabás matar Jesus
NOVELA JESUS Edissa e Arimatéia apoiam Deborah na busca pelo filho
NOVELA JESUS Antipas flagra Longinus conversando com Herodíade
NOVELA JESUS Petronius acorrenta Maria Madalena após possessão
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados